SÁBADO
17 de Fevereiro de 2018 | 19:18

Fotojornalista morre no Iémen

Publicado a 24/01/2018 NOTÍCIAS

Mohammed Ghaleb Othamn Al-Qadasi foi atingido durante um ataque realizado na província de Taiz, no sudoeste do país.


O fotojornalista Al-Qadasi, que trabalhava para o Balqees TV, canal televisivo privado, seguia um desfile militar quando foi vítima de um ataque com morteiros desferido pelas forças rebeldes e dirigido contra o ministro do Interior e o seu adjunto, ambos presentes na cerimónia.

Notícias citadas pela Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) referem que outros sete civis foram mortos no ataque, o qual provocou inúmeros feridos, entre os quais Basheer Aqlan, correspondente da rede internacional de televisão Russia Today.

"Os jornalistas iemenitas que cobrem o conflito armado no país têm pouca preparação em termos de procedimentos de segurança e estão mal equipados. Em conjunto com o sindicato local estamos a preparar um programa de treino relacionado com esses aspetos para os jornalistas no terreno, mas a extensão do conflito torna ainda mais complicado corresponder às necessidades", admitiu Anthony Bellanger, secretário-geral da FIJ.

Versão para Imprimir