DOMINGO
16 de Dezembro de 2018 | 01:18

Polícia do Nepal atacou jornalista durante manifestação

Publicado a 13/02/2018 NOTÍCIAS

Prakash Dhakal (Adarsha Samaj) estava a acompanhar os estudantes que se manifestavam no Campus de Prithvi Narayan.


A Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) condenou o ataque de que foi vítima um jornalista no Nepal quando acompanhava uma manifestação em Pokhara.

Prakash Dhakal (do diário Adarsha Samaj) estava a acompanhar os estudantes que se manifestavam no Campus de Prithvi Narayan quando as autoridades carregaram sobre os manifestantes para dispersar a contestação e um dos polícias atacou o jornalista, apesar de este lhe mostrar a sua identificação como repórter. Como resultado do ataque, Dhakal sofreu ferimentos numa perna.

"A FIJ condena a polícia do Nepal pelo ataque contra Prakash Dhakal e é triste que a força de segurança que deveria proteger os jornalistas em trabalho age precisamente ao contrário. A FIJ exige que sejam adotadas as medidas necessárias contra o agente que teve semelhante comportamento e também que o governo garanta um ambiente seguro para a independência do jornalismo", lê-se no comunicado da FIJ.


Versão para Imprimir