QUINTA-FEIRA
19 de Julho de 2018 | 06:54

SJ condena agressões contra jornalistas após Benfica-FC Porto

Publicado a 16/04/2018 NOTÍCIAS

Sindicato reportará incidentes às entidades responsáveis pela segurança, exigindo que sejam apuradas responsabilidades.


O Sindicato dos Jornalistas (SJ) condena as agressões de que foram vítimas alguns jornalistas, devidamente identificados e no exercício da profissão, no domingo, junto ao Estádio da Luz, após o jogo Benfica-FC Porto, manifestando total solidariedade e apoio legal aos camaradas em questão.

O SJ lembra que, recentemente, a Assembleia da República aprovou uma alteração do Código Penal que passou a considerar crime público "as agressões a jornalistas no exercício das suas funções ou por causa delas" – alteração que já foi promulgada pelo Presidente da República – e que os jornalistas passaram a integrar a lista de profissões com direito a "protecção acrescida".

Nesse sentido, o SJ reportará os incidentes às entidades responsáveis pela segurança dos jornalistas no local, exigindo que sejam apuradas responsabilidades.

O SJ lamenta o clima de hostilidade constante no futebol e a crescente violência que tem extravasado as quatro linhas e atingido os jornalistas em exercício de funções, de forma completamente injustificada, apelando a que as entidades responsáveis continuem a refletir sobre este assunto e, sobretudo, ajam em conformidade.

Versão para Imprimir