DOMINGO
16 de Dezembro de 2018 | 02:03

Morreu o jornalista Afonso Cautela

Publicado a 29/06/2018 NOTÍCIAS

Era o associado n.º 103 do Sindicato dos Jornalistas.


Afonso Cautela, jornalista, poeta e pioneiro na defesa do meio ambiente, morreu hoje, aos 85 anos.
Afonso Cautela nasceu em Ferreira do Alentejo, em 1933.
Professor do ensino primário e jornalista, em 1959 chega a Lisboa, onde se dedica em exclusivo ao jornalismo, profissão que exerceu até se reformar.
Passou pelos jornais República (de 1965 a 1968), O Século (de 1972 a 1977) e A Capital (de 1982 a 1996), entre outros. N'A Capital, assinou durante anos a Crónica do Planeta Terra, dedicada às questões ecológicas e do consumo.
O corpo estará em câmara ardente a partir das 18h00 de hoje, na Igreja da Figueirinha, Rua de Macau, em Oeiras, e o funeral realiza-se amanhã, sábado, 30 de junho, às 14h30, para o Cemitério de Oeiras.

Em 3 de julho de 2018 a Assembleia Municipal de Lisboa, por proposta do grupo Municipal do MPT, aprovou por unanimidade um voto de pesar pelo falecimento de António Cautela. (Em anexo)

Ficheiros em Anexo

Voto de pesar
Versão para Imprimir