SEGUNDA-FEIRA
10 de Dezembro de 2018 | 06:42

Prémio de Jornalismo na área da dor

Publicado a 31/07/2018 NOTÍCIAS

Candidaturas estão abertas até ao próximo dia 15 de setembro para um total de prémios no valor de três mil euros.


Estão abertas até ao dia 15 de setembro as candidaturas à 7ª edição do Prémio anual de Jornalismo na área da dor, promovido em conjunto pela Associação Portuguesa da Dor (APED) e pela Fundação Grünenthal.

O vencedor será distinguido com uma verba de dois mil euros, enquanto o segundo posicionado receberá mil euros. Critérios como criatividade, investigação, relevância e qualidade das peças a concurso serão parte da análise do júri, constituído por cinco elementos: dois apontados pela APED, dois pelo Sindicato dos Jornalistas e um pela Fundação Grünenthal.

Podem concorrer todos os jornalistas com residência em Portugal e cujos trabalhos tenham sido divulgados, em língua portuguesa, na imprensa (escrita e online), televisão e rádio, entre os dias 1 de maio do ano passado e 31 de agosto deste ano.

André Rodrigues (Rádio Renascença) com "Vidas de Dor, Corpos que não Desistem" e Bárbara Baldaia (TSF) com o trabalho "Um dia de cada vez" foram os premiados na edição anterior. Foi ainda atribuída uma menção honrosa a Paula Rebelo (RTP) pela reportagem "Quando a Dor é Doença".

Consulte aqui o regulamento completo da 7.ª edição do Prémio Jornalismo na área da Dor.

Versão para Imprimir