DOMINGO
18 de Novembro de 2018 | 03:55

Gulbenkian divulga vencedores das Bolsas de Investigação Jornalística

Publicado a 31/10/2018 NOTÍCIAS

Das 75 candidaturas apresentadas e destinadas apenas a jornalistas houve dez distinguidas.


Seis propostas de publicação na imprensa, duas em televisão (uma em simultâneo para jornal), duas somente no digital e uma para rádio foram as distinguidas deste ano com as Bolsas de Investigação Jornalística da Fundação Calouste Gulbenkian.

Os vencedores são os jornalistas Ana Suspiro, António Marujo, Catarina Gomes, Marina Pimentel, Miguel Carvalho,
Paulo Barriga, Paulo Pena, Pedro Miguel Santos, Tiago Carrasco e Vanessa Rato.

A ideia da criação destas bolsas foi, segundo a Fundação, "promover a independência na investigação jornalística como contributo para uma sociedade mais informada e, desta forma, mais democrática". Deste modo permite-se "o desenvolvimento de trabalhos de investigação em áreas tão díspares como a política, economia, questões sociais, culturais ou históricas, desde que diretamente relacionadas com Portugal e os portugueses".

O júri foi formado por jornalistas e professores universitários de jornalismo: António Granado, Cândida Pinto, João Garcia, José Pedro Castanheira e Maria Flor Pedroso.

Versão para Imprimir