DOMINGO
16 de Dezembro de 2018 | 00:56

SJ aplaude integração "de imediato" dos precários na RTP

Publicado a 20/11/2018 NOTÍCIAS

Conselho de Administração da estação pública anunciou hoje que irá integrar os 130 trabalhadores com parecer positivo no âmbito do PREVPAP.


O Sindicato dos Jornalistas (SJ) aplaude a decisão anunciada hoje pelo Conselho de Administração da RTP de integrar "de imediato" os 130 trabalhadores precários da estação pública que têm parecer positivo no âmbito do Programa de Regularização de Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP).
A integração - anunciada na véspera de um plenário geral de trabalhadores na RTP - abrange dezenas de jornalistas.
"Na sequência do despacho de homologação ministerial do parecer da Comissão Arbitral Bipartida da Cultura (CAB Cultura) favorável à integração extraordinária de 130 colaboradores da RTP, o Conselho de Administração decidiu proceder de imediato às diligências necessárias à sua integração nos quadros da empresa", pode ler-se no comunicado, enviado para todos os trabalhadores.
O Sindicato dos Jornalistas tem sido uma das vozes mais ativas na defesa destes trabalhadores, cujo processo
se arrasta há mais de dois anos.
Nos últimos meses, a pressão de sindicatos, Comissão de Trabalhadores da RTP e dos próprios trabalhadores precários intensificou-se, criticando os sucessivos atrasos na resolução definitiva da inadmissível situação. Recorde-se que o prazo oficial inicial para terminar a análise de casos no quadro do PREVPAP era 31 de maio.
No dia 5 deste mês, um protesto organizado por trabalhadores precários, apoiados por sindicatos (entre os quais o SJ) e pela Comissão de trabalhadores da RTP, teve amplo eco na opinião pública.
Na semana passada, vários sindicatos (SJ incluído) assinaram uma carta aberta aos Ministérios de Cultura, Trabalho e Finanças, exigindo respostas concretas aos problemas dos trabalhadores da RTP, precários e do quadro, e denunciando a dualidade de critérios de gestão.
No plenário agendado para esta quarta-feira, dia 21, será votado um caderno com várias reivindicações dos trabalhadores da empresa, entre as quais a integração imediata dos 130 precários com parecer positivo no PREVPAP.
Há muito que os sindicatos vinham denunciando a postura de bloqueio negocial por parte da Administração da RTP e, por isso, o SJ saúda a tão aguardada ação da empresa para resolver a situação dos trabalhadores precários, que só peca por tardia. E recorda que há muitos outros precários que não estão entre estes 130, pois tiveram pareceres negativos, cuja defesa continua a ser necessária.
O SJ espera ainda que, agora, outras reivindicações, nomeadamente o reenquadramentos de trabalhadores do quadro mal classificados, passem igualmente de impossíveis a possíveis.

Versão para Imprimir