SEGUNDA-FEIRA
23 de Outubro de 2017 | 21:54

Programa de Acção 2010

Publicado a 23/04/2010 Conselho Deontológico

O Conselho Deontológico do SJ tem como compromisso de acção dez pontos programáticos que orientam as suas actividades no mandato de 2010/2012.


Linhas gerais de acção do Conselho Deontológico

A ética e a deontologia são essenciais à credibilização do jornalismo e dos jornalistas.

Os candidatos ao Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas propõem-se:

1. Acompanhar criticamente o processo e os efeitos da concentração empresarial dos média, tendo por orientação o cumprimento profissional dentro dos princípios éticos estatuídos no Código Deontológico;

2. Manter sob observação as actuais tendências de mercantilização mediática, em especial os seus reflexos nas práticas jornalísticas, designadamente na exploração do sensacionalismo enquanto discurso jornalístico;

3. Combater todas as pressões censórias que afectem o respeito pelo cumprimento da deontologia profissional;

4. Alertar para a pertinência do cruzamento e diversificação das fontes, como critério para assegurar a pluralidade de opiniões e tornar o jornalismo credível e respeitado;

5. Alertar para o impacte das fontes organizadas no processo de produção de informação, em concreto no relato dos factos com rigor e exactidão, bem como na obrigação deontológica de os interpretar com honestidade;

6. Debater as implicações éticas e deontológicas das mutações tecnológicas, designadamente os efeitos nas relações com as fontes de informação de novas práticas profissionais, como o chamado jornalismo multimédia, e a tendência para a distribuição da mesma informação em distintas plataformas;

7. Proceder à análise das questões deontológicas no quadro do Relatório-síntese do 2º Congresso dos Jornalistas Portugueses, que debateu o tema Deontologia;

8. Estreitar as relações com os conselhos de redacção e com jornalistas em redacções que não disponham deste órgão;

9. Definir uma plataforma de relacionamento permanente com a Comissão de Carteira Profissional dos Jornalistas e com os provedores dos diversos meios de comunicação social;

10. Estabelecer uma base de contacto regular com docentes que leccionem ética e deontologia.

Lisboa, 21 de Dezembro de 2009

Versão para Imprimir