QUARTA-FEIRA
23 de Julho de 2014 | 21:07

Prémio de Jornalismo na área da saúde mental

Publicado a 20/07/2012 Prémios de Jornalismo

Estão abertas as inscrições, até ao próximo dia 31 de Agosto, as inscrições para a quarta edição do Prémio de Jornalismo na Área da Saúde Mental, que visa distinguir os melhores trabalhos de jornalistas de Imprensa, Rádio ou Televisão publicados entre Julho de 2011 e Julho de 2012.


O prémio, promovido pela Fundação AstraZeneca (FAZ), em parceria com a Casa da Imprensa e a Associação ENCONTRAR+SE, tem por objectivo “contribuir para um correto conhecimento da doença mental e contrariar mitos e preconceitos relacionados com estas perturbações”.
O prémio, cujo regulamento se publica em anexo, pretende distinguir os trabalhos que, entre Julho de 2011 e Julho de 2012 “contribuíram para um maior conhecimento social das doenças mentais, para a promoção de uma mensagem positiva no combate ao estigma e discriminação social, para a motivação de doentes e cuidadores e na divulgação da investigação nesta área da Saúde”, explica a nota informativa do promotor.
“Originalidade, relevância, investigação, coerência com o propósito do prémio (Anti-Estigma na Saúde Mental) e qualidade são os critérios gerais” a avaliar pelo júri, acrescenta. A divulgação do vencedor será feita no dia 27 de Novembro, durante o Congresso Nacional de Psiquiatria, no Centro de Congressos da Alfândega, no Porto.
A nota recorda que a Organização Mundial de Saúde estima que 450 milhões de pessoas em todo o mundo sofram de doenças mentais e que na Europa há 45 milhões com algum tipo de perturbação mental, sendo a depressão a mais comum.
Os resultados preliminares do primeiro estudo nacional sobre saúde mental, apresentados em 2010, vieram confirmar que, em comparação com dados de outros seis países europeus, Portugal é o que apresenta a prevalência mais elevada de doenças mentais, acrescenta. Estes dados revelam ainda uma prevalência de 6,3% de doenças psiquiátricas graves em Portugal, enquanto no líder mundial, os EUA, o valor é de 7,7%.

Ficheiros em Anexo

Regulamento do Prémio Jornalismo e Saúde Mental
Versão para Imprimir