SÁBADO
24 de Agosto de 2019 | 12:11

Rádio Capital volta a atrasar pagamentos

Publicado a 30/08/2002 Órgãos do SJ, Comunicados, Notícias

A Rádio Capital voltou a não liquidar os salários dentro do prazo legal, sem garantir aos trabalhadores se a situação ficará regularizada na segunda-feira, 2 de Setembro, e não dando qualquer justificação pelo atraso.


Em comunicado, o Sindicato dos Jornalistas pede uma atitude firme por parte da Inspecção-Geral do Trabalho e exige ao Governo e ao Parlamento a punição das empresas que atrasam repetidas vezes o pagamento dos salários.

É o seguinte o texto integral do comunicado do Sindicato dos Jornalistas:

RÁDIO CAPITAL INSISTE EM VIOLAR A LEI

1. “A Rádio Capital insiste em violar a Lei: este mês voltou a não liquidar os salários dentro do prazo legalmente previsto e ainda não se sabe se isso acontecerá na próxima segunda-feira.

2. “O despudor com que a empresa encara as suas obrigações legais vai ao ponto de não se dar ao trabalho de apresentar qualquer justificação aceitável. O único arremedo de desculpa apresentado aos trabalhadores é o alegado facto de não ter sido encontrado o administrador da empresa.

3. “Numa altura em que tanto se diaboliza o suposto absentismo dos trabalhadores portugueses, aqui temos (mais) um exemplo da irresponsabilidade patronal. Mesmo tendo em conta que também os administradores das empresas têm o direito – e o dever – de descansar, é inaceitável a manifesta falta de profissionalismo.

4. “Perante o acontecido, o Sindicato dos Jornalistas só pode esperar da Inspecção-Geral do Trabalho um atitude firme face ao comportamento da empresa e exigir ao Governo e ao Parlamento que a reiterada prática de atraso no pagamento de salários seja encarada com a adequada e mais consequente severidade na anunciada revisão da legislação laboral."

Versão para Imprimir